Irôko

Irôko, uma das mais poderosas divindades existentes, é um dos regentes do tempo e da ancestralidade, além de ser o padroeiro da natureza e dos animais.

Embora não seja usual desse Orixá influir diretamente na decisão dos demais deuses, é ele quem decide o momento ideal para a concretização de cada acontecimento.

Irôko
Irôko

História de Irôko

  • Orixá da Árvore Sagrada:

Nos primórdios dos tempos, os Orixás decidiram que um deles deveria ser plantado na Terra, para que as demais divindades conseguissem descer ao planeta com mais facilidade e fossem, assim, mais rápidas as tarefas de torná-lo habitável e de povoá-lo. O escolhido para esta tarefa foi Irôko, que ficou conhecido como o Orixá da Árvore Sagrada.

  • Crescimento de Irôko:

Certo dia, Exú, em uma discussão com outras divindades, soprou um pó que se transformou em um raio e culminou na morte de dois homens. Os humanos que presenciaram este feito, assustados, acabaram por taxar aquilo de magia negra, o que ofendeu profundamente os Orixás, que começaram a dizimar toda a forma de vida presente na Terra.

Oxalá, devastado com aquilo, suplicou que Olorum pusesse um fim à devastação que ocorria. O Orixá, então compadecido, soprou sobre Irokô o Efuru, o que o fez criar fortes raízes na Terra e a crescer de maneira quase incontrolável. Olorum, então, pegou um galho da Árvore e o entregou a Oxalá, dizendo que, a partir de então, apenas ao Orixá caberia o destino da sua criação (a humanidade).

Olorum ainda glorificou Irokô por ele ter doado parte de si à humanidade, garantindo que ele seria a maior Árvore Sagrada existente e que ninguém seria capaz de destruí-lo.

Qualidades de Irôko

Irôko Olúwére é a única qualidade de Irôko, sendo a representante da energia que flui dentro da árvore que abriga o Orixá.

Características dos filhos de Irôko

Os filhos de Irokô são, normalmente, muito teimosos, ciumentos, vingativos e indiscretos. Contudo, esses indivíduos possuem muitas características que se opõem a esses aspectos negativos, como a extrema inteligência, determinação, generosidade e persuasão. Ademais, é característico dos filhos desse Orixá o gosto pela diversão e pela liderança.

Candomblé e Igreja Católica

Como Irokô é o protetor da natureza como um todo, ele foi sincretizado ao São Francisco de Assis, que é tido, para o catolicismo, como o padroeiro dos animais. Além disto, ambas as entidades consideram imprescindível o respeito com o próximo, mais uma razão para essa paridade.

Irôko na Umbanda

Os umbandistas e candomblecistas cultuam Irôko de maneira muito similar, não havendo diferenças significativas entre as adorações.

Ademais, é importantíssimo evidenciar que ambas as religiões consideram impensável o desrespeito com o Orixá, pois isto equivale a negar todas as gerações anteriores e todas as raízes que formam o indivíduo.

Oferendas a Irôko

Os alimentos que são normalmente ofertados ao Irôko, por serem os que mais agradam a divindade, são o carneiro, o milho branco, a farofa de dendê e o buenguê.

O último tem um modo de preparo bastante descomplicado. Para fazê-lo, basta apenas cozinhar bem uma porção de canjica e açucará-la com mel – é importante ressaltar que este prato deve ser servido em um recipiente branco.

Irôko
5 (100%) 1 vote

Uma resposta para “Irôko”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *