Jubileu

O Jubileu está fortemente associado ao catolicismo, porém, nem todas as pessoas conhecem bem o seu significado. Pensando nisso, resolvemos trazer em nosso artigo de hoje diversas informações sobre o Jubileu, continue conosco para conferir.

Jubileu
Jubileu

O que é?

Jubileu é uma remissão plena das penas temporais, um perdão. Nesse caso, é um perdão solene e geral que é realizado pela igreja católica.

Quem concede o jubileu é o Papa, o maior representante da religião em questão.

Quando se fala em nele, também fala-se sobre a solenidade onde se recebe esse perdão, que mencionamos.

Assim, é um aniversário solene, sendo os mais comemorados o de prata (25 anos) e o de ouro (50 anos).

Olhando historicamente, já vemos a palavra Jubileu nos hebreus, nessa época era uma festa realizada a cada 50 anos. Dentro dessa festa, era comemorado o fim das dívidas e das culpas. Ou seja, historicamente o seu significado se manteve o mesmo.

O Jubileu tem suas origens no Judaísmo e foi encontrado no Cristianismo através da Bíblia Sagrada, no Livro de Isaías. Onde é informado o anúncio do ano de cumprimento do Senhor, o dia da vingança de Deus e o consolo aos tristes.

Remissão plena das penas temporais
Remissão plena das penas temporais

Conheça também:

Jubileu no Catolicismo

Como mencionado, atualmente, o Jubileu está muito associado com a igreja católica. Hoje é uma solenidade que acontece a cada 25 anos.

Assim como acontecia antigamente na época dos hebreus, o papa concede a remissão das penas temporais oriundos dos pecados mortais, que já foram perdoados no ato de confissão.

A sua origem é bíblica. Dentro dos versículos é possível encontrar uma prática de libertação dos escravos e devolução das propriedades a cada 7 anos.

Ainda na bíblia, o ano do júbilo era o ano onde as pessoas não semeavam, assim, era considerado um ano sagrado onde o alimento era o que o campo produzisse.

Jubileu no Catolicismo
Jubileu no Catolicismo

Morte

Por vezes, a igreja Católica anuncia o Jubileu por estar completando anos de morte de algum Santo, apóstolo ou figura importante para a religião.

Por exemplo, nos 300 anos de morte de São João Batista (que foi no ano de 2018), o Papa Francisco concedeu o chamado ‘’ano jubilar’’, assim, quando isso acontece estamos em um ‘’jubileu da morte’’.

Onde toda a solenidade é feita de forma especial pela morte da pessoa em questão.

Ano do Jubileu

Segundo as escrituras bíblicas, o ano de Jubileu era um ano todo festivo, onde havia liberdade, pois as dívidas eram perdoadas, os escravos libertos e o perdão era algo comum a todos.

O jubileu significava esperança para todos aqueles que haviam perdido algo, ou que tinham passado por uma fase ruim em suas vidas.

Como mencionado, esse ano acontecia a cada 50 anos. As escrituras mostram um ano cheio de detalhes, onde o povo devia seguir rigorosamente tudo que estava por lá.

Estudiosos da bíblia afirmam que o grande intuito desse ano era mostrar que Deus era dono de tudo, assim, tudo que as pessoas recebiam era uma dádiva dele.

Comemoração Religiosa da Igreja Católica
Comemoração Religiosa da Igreja Católica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *