Madre Teresa de Calcutá

Madre Teresa de Calcutá (1910-1997) foi uma das freiras católicas mais conhecidas no mundo por ter dedicado a sua vida a ajudar os pobres. Aliás, conta-se que ela passou muitos anos em Calcutá, na Índia, por isso é conhecida por esse nome. E por lá, foi a responsável por criar as Missionárias da Caridade, que nada mais é que uma congregação voltada ao auxílio dos necessitados.

Por conta do seu trabalho caridoso, no ano de 1979 ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz. A sua canonização aconteceu em 2016, por meio da Igreja Católica Romana.

Madre Teresa de Calcutá
Madre Teresa de Calcutá

História e Biografia de Madre Teresa de Calcutá

Madre Teresa nasceu em 1910 em Skopje, capital da República da Macedônia. Não se sabe muito sobre a sua juventude, mas ainda jovem, ela percebeu que havia um chamado para ser freira e servir ajudando os pobres.

Aos 18 anos, ela recebeu permissão para se unir com um grupo de freiras na Irlanda. Após alguns meses de treinamento em conjunto com as irmãs Loreto, ela recebeu permissão para viajar para a Índia.

Ela fez seus votos religiosos formais em 1931 e escolheu o nome de St Therese of Lisieux – a santa padroeira dos missionários.

Em sua chegada a cidade de Calcutá, ela começou trabalhando como professora. No entanto, a pobreza generalizada de Calcutá causou um profundo impacto nela, e isso levou-a a iniciar uma nova ordem chamada “As Missionárias da Caridade”. O principal objetivo dessa missão era cuidar das pessoas, que ninguém mais estava preparado para cuidar.

Madre Teresa de Calcutá sentiu que servir os outros era um princípio fundamental dos ensinamentos de Jesus Cristo.
Ela experimentou dois períodos particularmente traumáticos em Calcutá.

A primeira foi a fome em Bengala de 1943 e a segunda foi a violência hindu / muçulmana em 1946, antes da divisão da Índia.  Em 1948, ela deixou o convento totalmente para viver em tempo integral entre os mais pobres de Calcutá.

Ela escolheu usar um sari indiano branco, com uma borda azul, em respeito ao tradicional traje indiano. Por muitos anos, Madre Teresa e outras freiras sobreviveram com muito pouco, tendo até que pedir dinheiro.

Mas, lentamente, seus esforços com os mais pobres foram notados e apreciados pelas pessoas da comunidade e pelos políticos indianos.


Dia de Madre Teresa de Calcutá

O dia de Madre Teresa de Calcutá é comemorado em 5 de setembro, onde a igreja católica celebra sua vida e seu comprometimento com os mais pobres.


Oração a Madre Teresa de Calcutá

A oração a Madre Teresa de Calcutá visa ajuda aqueles que estão passando por necessidades.

Aliás, muitas pessoas já obtiveram milagres ao fazer essa oração com muita fé.

Críticas a Madre Teresa de Calcutá

Embora Madre Teresa de Calcutá demonstrasse alegria e um profundo compromisso com Deus em seu trabalho diário, suas cartas (que foram coletadas e publicadas em 2007) indicam que ela não sentiu a presença de Deus em sua alma durante os últimos 50 anos de sua vida.

As cartas revelam o sofrimento que ela sentiu e o sentimento de que Jesus a abandonou no início de sua missão.

O que lhe rendeu algumas críticas posteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *