Oração de São Jorge: História, Vida de São Jorge

São Jorge foi um soldado Romano que, provavelmente, viveu de 275 a 303. Caracterizado por pertencer à categoria dos Santos Auxiliares, São Jorge é tido como o patrono dos animais domésticos, além de ser também conhecido por conceder proteção e saúde às pessoas que rezam por ele.

Imagem de São Jorge
Imagem de São Jorge

Dia de São Jorge

As comemorações do dia de São Jorge são realizadas no dia 23 de abril, a provável data de sua morte.

Oração de São Jorge

A maioria das orações destinadas ao Santo pede a ele intercessão na cura de doenças, tanto as que acometem os animais, quanto as que assolam os humanos. Inclusive, muitos dos milagres realizados por São Jorge relatam a cura de enfermos.

Veja também a história de Santo Antônio.

Vida de São Jorge

Devido ao fato da maior parte das histórias de São Jorge basear-se em lendas e em textos não canônicos, muitos dos relatos referentes ao Santo não são considerados verazes aos olhos da Igreja Católica, apesar da Instituição não ter dúvidas quanto a real existência dele.

Até mesmo a origem de Jorge é envolta em mitos, porém, considera-se que ele tenha nascido entre 275 e 280, na Turquia, país que corresponde à extinta Capadócia. Logo após a morte de seu pai, Jorge teria se mudado para Palestina, juntamente à sua mãe, onde passou quase toda a infância.

Durante a adolescência, Jorge ingressou como guerreiro no exército, sendo rapidamente promovido a capitão. Posteriormente, ele foi ainda integrado à guarda pessoal do imperador Diocleciano.

Jorge faleceu no ano de 303, quando Diocleciano mandou prender quaisquer soldados que adorassem ao cristianismo ao invés dos deuses romanos. O Santo, que era um fervoroso cristão, resolveu, então, confrontar o imperador, afirmando na frente de todos a sua fé. Isto, por fim, suscitou na degolação do soldado, que continuou irredutível em sua escolha mesmo após torturas e promessas de escravos e terras.

História de São Jorge

São Jorge sempre foi tido como sagrado pela população, tendo até mesmo os seus restos mortais transportados pelos seus seguidores e adoradores. Dos relatos que cercam a história do Santo, há duas que se destacam: o milagre do mosteiro e a lenda do dragão.

A primeira conta que durante o século XIV uma imagem milagreira do santo, que ficava guardada em um mosteiro, foi perdida quando os monges da área a enterraram – depois de o local ser destruído por uma cruzada – para que ela não fosse saqueada. O Santo teria, então, aparecido em um sonho para um pastor e lhe dito onde se encontrava a estátua.

A lenda, por sua vez, narra o conto de um reino que era atormentado por um gigante e temeroso dragão, o qual exigia uma criança como oferenda todos os dias para deixar a cidade em paz.

São Jorge Matando o Dragão
São Jorge Matando o Dragão

Essa história rapidamente se espalhou quando o rei ofereceu a mão da princesa, que era a única jovem restante do povoado, em casamento para quem a salvasse e matasse o animal. São Jorge, ao saber de tudo isto, resolveu, então, resgatar a menina, assim o fazendo ao matar o dragão, que caiu ao ser acertado em uma de suas asas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *