Zé Pilintra: História, Vida, Oração e Dia de Zé Pilintra

Zé Pilintra como é conhecido na Umbanda, faz parte da linhagem dos Malandros dentro dessa religião africana. Sendo assim, ele é uma representação daqueles que hoje se encontram marginalizados dentro da sociedade.

Dentro desse contexto, ele é visto com um espírito humilde, frequentador de bares, amante da vida noturna e apaixonado por jogos.

Logo, ele é uma forma de mostrar que nem todas as pessoas que se encontram marginalizadas são um ameaça, já que ele não faz mal a ninguém. Abaixo vamos conhecer um pouco da história do Zé Pilintra.

Zé Pilintra
Zé Pilintra

História do Zé Pilintra

A história mais conhecida do Zé Pilintra, que nessa época era chamado de José dos Anjos, é que ele é oriundo do Bodocó, uma região no estado de Pernambuco.

Por causa de uma grande seca que assolava a região, ele precisou então se mudar para a capitão, que é Recife. Infelizmente, ele acabou por perder a sua família e assim ficou sem ter para aonde ir.

Como consequência, se tornou um morador de rua que se sustentava da forma que dava. Alcançando a idade adulta se mudou para o Rio de Janeiro e ficou também conhecido nessa região, onde passou a residir nas favelas que estavam em construção naquela época.

Características e Qualidade de quem carrega o Zé Pilintra

Zé Pilintra é a única entidade que faz parte de 2 rituais opostos, um do da Linha Esquerda e outro da Linha Direita. Uma das suas principais características é o linguajar mais simples e boêmio, pois foi assim que ele levou a sua vida.

Além disso, ele era descontraído e fazia caridade, ajudando as pessoas sempre que podia. Por esse motivo, ele é uma das entidades que descarrega o ambiente das energias negativas, afastando todo mal.

Ao contrário do que muitos acreditam, quem carrega seu Zé não é mulherengo e nem tão pouco desocupado. Quem carrega o Zé Pilintra na sua vida é brincalhão, mas sabe levar a sério as suas responsabilidades.

Ele apenas fica junto de quem faz o bem e tem compromisso, caso contrário ele se afasta rapidamente.

Confira mais entidades da Cultura Afro brasileira:

Como Zé Pilintra Morreu?

Zé tinha muitas habilidades e uma delas era o manuseio de facas, por isso ninguém tinha coragem de enfrenta-lo, nem mesmo a polícia. Assim, pouco se sabe como foi a morte dele, mas afirma-se que aconteceu pelas costas.

Isso porque, ninguém estava de verdade a sua altura para um combate frente a frente.

Oferendas e Como Agradar o Zé Pilintra?

Se você quer levar oferendas para Zé Pilintra saiba que ele gosta de coisas que tem a sua origem no Nordeste.

Dentre elas podemos destacar:

  • Farofa;
  • Linguiça frita;
  • Sardinha;
  • Queijo coalho;
  • Coco;
  • Rapadura;
  • Carne seca com abóbora.

Além disso, você ainda consegue agradar seu Zé levando cerveja gelada, moedas, cigarros, jogos e até mesmo velas.

Os principais pontos de força dessa entidade se encontram nas esquinas, encruzilhadas, ladeiras e morros.

No mais, é válido ressaltar que todo tipo de oferenda deve ser feito de forma orientada por alguém do Candomblé ou Umbanda.

Zé Pilintra: História, Vida, Oração e Dia de Zé Pilintra
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *