Santo André: Oração, História, Vida de Santo André

Santo André, que é conhecido como o padroeiro dos injustiçados, foi um dos apóstolos de Jesus Cristo, juntamente ao seu irmão Pedro. Acredita-se que o Santo tenha nascido pouco antes do nascimento do próprio Jesus e falecido no ano 60 D.C.

Santo André
Santo André

Conheça também sobre o Santo Amaro.

Dia de Santo André

A data anual dedicada às festas religiosas em prol de Santo André é o dia 30 de novembro.

Oração de Santo André

As orações dedicadas ao Santo André representam, em sua grande maioria, formas de pedir o intermédio do Santo para o esclarecimento de acusações ou difamações injustas, feitas contra indivíduos inocentes.

Vida de Santo André

O mais provável é que André seja originário, tal como o seu irmão Pedro, de Betsaida, uma pequena cidade localizada às margens do Mar da Galileia (Israel).

André continuou a viver próximo do lago de Genesaré, onde trabalhou como pescador, até conhecer Jesus, quando abandonou tudo para começar a seguir o Messias, sempre em companhia do seu irmão.

Ainda antes de tornar-se apóstolo de Cristo, André foi discípulo de João Batista – missionário autor de quatro evangelhos da Bíblia –, que foi o responsável por apresentá-lo a Jesus. André, então, imediatamente reconheceu o Messias, sendo o seu primeiro seguidor.

Logo após esse primeiro encontro, André apresentou o filho de Deus ao João e os dois abdicaram de tudo para seguir o seu mestre. Aliás, o discípulo aparece em diversas narrações importantes da Bíblia, sendo designado como o segundo na liderança dos apóstolos e estando entre um dos homens mais próximos de Jesus.

André teria se tornado um dos mais influentes pregadores do evangelho, percorrendo diversas regiões dos atuais continentes europeu e asiático. Inclusive, de acordo com certas lendas, André teria sido um dos fundadores de Constantinopla – sede do império Romano.

No ano 60, um dos importantes subordinados do então imperador Nero, prendeu o discípulo e ordenou que o mesmo passasse a adorar os Deuses romanos. Contudo, André permaneceu irredutível em sua crença, o que acarretou em sua morte, por crucificação.

Santo André
Santo André, morto crucificado em uma cruz em formato de X.

As histórias contam que o Santo teria pedido que fosse atado a uma cruz em forma de X, por não se considerar digno para morrer como o seu mestre. Ademais, apóstolo teria ainda resistido durantes dois dias antes de finalmente padecer.

A maioria dos restos mortais de André perdeu-se ou possui origem duvidosa, havendo poucas partes de procedência certa, as quais consistem em um dedo, pequenos pedaços de sua cruz e partes de seu crânio; estas estão atualmente guardadas na Igreja de Santo André, localizada em Roma, na Itália.

História

André, por ser um dos apóstolos mais próximos de Cristo, sempre foi tido como Santo pelos seus seguidores, apesar de não haver relatos sobre milagres realizados pelo discípulo.

Porém, não é por não ter fama de milagreiro que o apóstolo deixou de ter relevância, pelo contrário; por muitas vezes, ele foi até mesmo designado de “Mensageiro do Senhor”, sendo o responsável, como exemplo, por conectar Pedro e Cristo e por avisar ao seu mestre sobre os cinco pães e os três peixes que Jesus, posteriormente, multiplicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *