Senhor do Bonfim: História, Vida, Oração e Dia de Senhor do Bonfim

O Senhor do Bonfim nada mais é que uma representação de Jesus Cristo, que hoje é alvo de muita devoção por parte dos brasileiros. Sem contar que o culto para esse santo é muito parecido com o da Virgem Maria, que também é recebe diversos nomes na igreja católica.

No mais, a imagem o Senhor do Bonfim é representada por Jesus crucificado. Abaixo vamos entender um pouco mais sobre a história e início dessa celebração, bem como compreender mais sobre o Senhor do Bonfim no Candomblé.

Senhor do Bonfim
Senhor do Bonfim

Biografia e História do Senhor do Bonfim

Não existem histórias referentes ao Senhor do Bonfim, mas há histórias sobre como ele chegou no Brasil.

Primeiramente, ele foi introduzido por um marinheiro português chamado de Theodósio Rodrigues Farias, dono de alguns navios negreiros. Dessa maneira, ele fez uma promessa que caso sobrevivesse as tempestades do mar, traria para o Brasil a imagem do santo e assim aconteceu.

Com a chegada do santo em terras brasileiras, em especial em Salvador, Theodósio juntamente com outras pessoas criaram uma irmandade com a intenção de fazer com que a devoção ao Bonfim acontecesse.

Em razão disso, aos poucos foram conseguindo e hoje a festa do Senhor do Bonfim é uma das mais reconhecidas e comemoradas na capital baiana.

Dia do Senhor do Bonfim

O dia do Senhor do Bonfim é comemorado com a lavagem das escadarias da igreja que também leva o seu nome. Normalmente, esse evento acontece na quinta – feira antes do segundo domingo depois do Dia de Reis (6 de janeiro).

A partir disso, a festa em comemoração ao Senhor do Bonfim se estende até o dia de domingo. Essa festa é tão importante que foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ganhando então a denominação de Patrimônio Imaterial.

Oração para o Senhor do Bonfim

Considerado o padroeiro não oficial da Bahia, o Senhor do Bonfim tem uma das orações mais poderosas. Inclusive, a oração ao Bonfim pode ser feita em qualquer momento, já que ela tem o intuito de dar força.

Isso porque, esse santo é representado pela figura de Jesus Cristo, logo é obvio que não existem limitações para se fazer essa oração.

A partir disso, você então pode ficar à vontade para rezar a oração sempre que sentir necessidade, sem qualquer restrição.

Senhor do Bonfim no Candomblé

No Candomblé, o Senhor do Bonfim é corresponde de Oxalá, um deus dessa religião africada. Por esse motivo, é comum que durante a lavagem das escadarias da igreja do Bonfim se veja pessoas que são do Candomblé.

A igreja católica percebendo a camuflagem de um deus africano dentro do templo deles, proibiu que fosse feito a lavagem dentro da igreja e transferiu o ritual para fora.

Assim, a lavagem é realizada com as portas da igreja fechadas, onde águas são despejadas na escadaria e são entoados cânticos africanos.
No mais, as comemorações são estendidas até o domingo e a igreja católica tem os seus rituais e o Candomblé também apresenta os seus.

Senhor do Bonfim: História, Vida, Oração e Dia de Senhor do Bonfim
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *