Jesus Misericordioso: Oração e Novena de Jesus Misericordioso

Ao longo dos séculos, diversas denominações foram atribuídas a Jesus Misericordioso. Embora a maior parte desses nomes tenha sido retirada dos evangelhos bíblicos, algumas alcunhas surgiram de modos diferentes.

Foi isso o que aconteceu com o título “Jesus Misericordioso”, que se originou quando o Salvador se revelou a uma religiosa polonesa, a Santa Faustina Kowalska, no século passado.

Jesus Misericordioso
Jesus Misericordioso

Imagem de Jesus Misericordioso

De acordo com os relatos existentes, em 1930, Jesus apareceu à Santa Faustina, uma religiosa pertencente à Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia. Nessa visão, que foi seguida por outras, o Messias teria dado várias instruções à freira, todas com o intuito de disseminar a Sua misericórdia pelo mundo.

Um dos pedidos realizados por Jesus foi o de que Ele fosse retratado em um quadro, o qual foi terminou de ser confeccionado em 1934, 04 anos após a primeira revelação à Faustina.

Essa imagem é caracterizada por possuir um complexo significado. Nela, Jesus tem os olhos voltados para baixo, a fim de representar o Seu olhar na cruz. Quanto à posição de Suas mãos, uma delas está elevada, em posição de benção, enquanto a outra toca o Seu peito esquerdo. Além disso, do coração de Cristo jorram dois raios, um de cor vermelha e outro e outro de cor branca; o primeiro simboliza o sangue, que é a vida dos espíritos, ao passo que segundo feixe representa a água, que regenera as almas.

Oração a Jesus Misericordioso

Sem dúvida, a aparição de Jesus reafirmou a Sua compaixão. Isso é claramente evidente em uma das declarações que o próprio Cristo fez, quando Ele disse que é misericordioso antes de juiz.

Assim, seguindo essa linha, as orações e o terço que se destinam a esse título de Jesus têm a finalidade de clamar pela Sua piedade, pelo Seu perdão e pelas Suas graças.

Saiba mais>

História de Jesus Misericordioso

Como apontado acima, o título “Jesus Misericordioso” foi relevado ao mundo quando Jesus apareceu à Maria Faustina Kowalska.

Mais conhecida como Santa Faustina, essa religiosa viveu durante o século XX, entre 1905 e 1938. Ela sempre esteve profundamente envolvida com o cristianismo, ingressando em um convento ainda jovem, aos 20 anos de idade.

As aparições do Salvador à Faustina começaram no ano de 1930, quando ela tinha 25 anos. Por meio dessas invocações, o Messias fez diversas exposições e pedidos à religiosa, todos com a finalidade de apresentá-lo ao mundo como o Rei da Misericórdia.

Dentre o que foi revelado à Santa, dois fatos merecem um destaque especial: o horário da morte de Cristo e o Terço da Misericórdia. Jesus contou que pereceu na cruz às três horas da tarde, horário em que Ele não negará a Sua bondade àqueles que meditarem sobre a Sua Paixão e a Sua Morte. Além disso, o Salvador apresentou o Terço da Misericórdia aos cristãos; segundo Ele, o fiel que rezar esse terço será contemplado com o perdão divino e com maravilhosas graças, desde que o mesmo possua fé e verdade no coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *