São Sebastião

São Sebastião é um dos santos católicos mais populares e que encanta a todos pelo seu exemplo de fé e coragem. É cultuado também na Umbanda, cujo sincretismo o associa ao orixá Oxossi que é tido como um grande caçador que habita as florestas e sempre empenha um arco e flecha em suas mãos.

São Sebastião é conhecido como o santo padroeiro dos soldados, arqueiros, atletas, infantaria e protetor dos desastres e pestes. Ele é também o padroeiro da cidade do Rio de Janeiro. Conheça a seguir um pouco mais sobre a vida e história de São Sebastião.

São Sebastião
São Sebastião

Dia de São Sebastião

Todos os anos, festas e homenagens são realizadas ao dia de São Sebastião acontecessem dia 20 de janeiro na Igreja Católica, e 18 de dezembro na Igreja Ortodoxa. Nas cidades em que ele é o padroeiro como, por exemplo, o Rio de Janeiro, a data é considerada como feriado.

Oração de São Sebastião

Quem recorre com muita fé a São Sebastião obtém muitas graças. Ele protege a todos que o invocam contra as guerras, todos os tipos de epidemias, oferta paz aos corações aflitos, fortalece a fé para aqueles que já perderam a esperança e livra as almas das aflições que acometem tanto o corpo quanto o espírito.

São Sebastião é também o patrono dos presidiários, e por isso mesmo pode ser invocado para auxiliar os detentos a corrigirem os seus erros e buscarem uma vida melhor, mais tranquila e feliz, longe dos caminhos do crime.

Todavia, existe uma lenda presente nos livros de história sobre a fundação da capital carioca que, na verdade, chama-se São Sebastião do Rio de Janeiro. Conta-se que durante a batalha final entre os invasores franceses contra os portugueses, índios e marinheiros, São Sebastião teria surgido do lado destes últimos empunhando uma espada.

O mais curioso desta lenda, que ocasionou na expulsão dos franceses, é que o dia do combate foi justamente em 20 de Janeiro e por isso mesmo ele foi designado o padroeiro da cidade. Leia a oração de São Sebastião:

Vida

São Sebastião nasceu na cidade de Narbonne, na França, por volta do ano de 256 d. C., e faleceu aproximadamente no ano de 286 d. C. Ele foi também um cidadão de Milão, na Itália.

O nome Sebastião é uma derivação do termo grego sebastós que é o mesmo que “divino”. Ele foi um soldado que serviu o exército romano e que tinha, como propósito, o ideal de afirmar o coração dos cristãos que se enfraqueceram devido às torturas sofridas.

Ainda que fosse estimado pelos imperadores Dioclesiano e Maximiano, a ponto de ter sido designado como o capitão da guarda pessoal ou “Guarda Pretoriana”, acabou enfurecendo-os devido as suas atitudes brandas com os prisioneiros cristãos, o que fez com que acreditassem que São Sebastião era um traidor do Império.

O imperador ordenou que ele renunciasse a sua fé em Jesus Cristo e como Sebastião não obedeceu, Maximiano impiedosamente mandou que o matassem de forma cruel na frente de todos para que servisse de exemplo. Cumprindo as ordens, os arqueiros começaram a ataca-lo com as suas flechas, enquanto ele permanecia desnudo amarrado em um poste.

Entretanto, o feriram de forma que ele sangrasse até a morte. Inacreditavelmente, São Sebastião conseguiu sobreviver e com o auxílio de Irene (mais tarde, Santa Irene) – que era uma cristã fervorosa – o escondeu e cuidou dele até ficar completamente curado.

Quando se recuperou voltou a evangelizar e se apresentou a Maximiano para que ele parasse com a perseguição aos cristãos. O imperador, por sua vez, ordenou que o açoitassem até a morte e, em seguida, o jogassem em uma fossa. E assim ele acabou morrendo.

História de São Sebastião

Segundos relatos, os primeiros milagres que se tem notícia atribuídos a Sebastião foram realizados em vida. Um deles refere-se à cura de pessoas mudas e suas consequentes conversões.

Zoé era a mulher de um funcionário do império e encontrava-se muda há 6 anos. Ela prostrou aos pés de São Sebastião que lhe fez o sinal da cruz devolvendo-lhe a fala. Tanto ela quanto o marido converteram-se rapidamente ao cristianismo.

Tenha fé e peça com amor que São Sebastião também te ajudará. Muita paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *