Home Orixás

Orixás

Os Orixás são bem conhecidos pelas religiões da Umbanda e Candomblé. Essas religiões vieram de antecedentes africanos, só que o Candomblé cultua o mesmo Orixá a mais tempo que os seguidores da Umbanda.

Orixás são conhecidos como divindades da Umbanda e de outras religiões e cultos africanos, contendo toda a história em cada divindade, suas cores, forças, domínios, oferendas, datas e muito mais.

É possível também saber a história de cada uma delas, mitologia e muito mais. Ao total é possível saber em detalhes 13 Orixás, que possuem toda a sua história disponível para aprendizado e para estudos.

Orixás
Orixás

História dos Orixás

E como surgiram os Orixás? Eles surgiram por causa de seus poderes, ou seja, eram homens que já existiram, e que foram promovido a Orixá por causa de seus poderes e feitos milagrosos.

Além de poderes, eles também eram conhecidos como homens de muita força, sabedoria e virtudes. Muitos também eram conhecidos por serem fortes e até mesmo possuírem poderes, no entanto foram esquecidos com o tempo por não terem a sabedoria e valentia como os 13 conhecidos.

Os 13 Orixás conhecidos são:

  • Exú – conhecido por ser o mais astuto e sutil de todos os Orixás. Ele causa mal-entendidos e discussões;
  • Ogum – guerreiro sanguinário e temível. Conquistador e se tornou rei após
  • Odudua perdeu a visão;
  • Oxossi – rei africano da terra de Ifé. Na época da colheita era comemorado através de uma festa, conhecida como Festa dos Inhames;
  • Ossain – é conhecido como o Senhor das Folhas. Ele conhecia algumas folhas que traziam a paz e o vigor, dentre outras conquistas;
  • Xangô – conhecido como o fundador de Oyó, na terra dos iorubas;
  • Oiá-lansã – poderes especiais;
  • Oxum – mulher bonita, dengosa e vaidosa;
  • Obá – cheia de vigor e coragem. Não temia a ninguém;
  • Yemanjá – conhecida como a deusa do mar;
  • Oxumaré – este era conhecido como um adivinho, nome dado também como babalaô;
  • Obaluaê – guerreiro terrível que percorria o céu e os quatro cantos do mundo;
  • Oxalufã – rei da terra dos ancestrais;
  • Oxaguiã – valente guerreiro.

Orixás Umbanda

A Umbanda, assim como o Candomblé vieram da tradição africana, trazendo consigo a história e a mitologia dos Orixás. Com a entrada de milhares de africanos durante a escravidão no Brasil, na época da colonização, o Brasil também ganhou diversos adeptos desta religião.

Junto vieram também a crença do Orixá, que faz parte desta religião. O Orixá nada mais são que guias espirituais, entidades que representam a força da natureza. Mesmo tendo citado acima 13 Orixás, algumas partes da Umbanda reconhecem menos Orixá, outros mais.

Orixás de Cada Signo

É importante ressaltar que cada signo possui um Orixá para algumas tradições africanas. Eles têm total contato com a astrologia, que possui informações e ligações com os signos e cada orixá que pertence a eles.

  • Oxum: Libra e Touro;
  • Obaluaê: Escorpião e Capricórnio;
  • Ossâim: Virgem e Gêmeos;
  • Xangô: Leão e Sagitário;
  • Iemanjá e Nanã: Câncer;
  • Oxóssi: Virgem, Capricórnio e Aquário;
  • Ogum: Áries;
  • Oxalá: Peixes, Capricórnio e Touro;
  • Exú: Escorpião e Gêmeos;
  • Iansã: Sagitário.

Cada um dos Orixás possui características que alinham com as características dos signos do zodíaco. Alguns guerreiros são vistos como mais ousados e ativos; outros são vistos como mais calmos e sensíveis.

No posts to display

Artigos Recentes