Santa Genoveva: História, Vida, Oração a Santa Genoveva

Santa Genoveva, que também é chamada de Geneviève e Genovefa, foi uma beata francesa que viveu entre os séculos V e VI.

Sendo celebrada tanto pelos católicos quanto pelos ortodoxos, essa religiosa se popularizou pela sua devoção a Cristo e pelos seus diversos feitos, muitos dos quais foram tidos como milagrosos. Aliás, por causa de um desses eventos, que ocorreu quando a santa protegeu Paris de invasores, ela é considerada a padroeira da capital francesa.

Santa Genoveva
Santa Genoveva

Oração de Santa Genoveva

Além de ser padroeira de Paris, Genoveva é tida como a protetora contra as guerras e contra as epidemias. Desse modo, as preces em homenagem a ela, em sua maioria, servem para rogar pela sua proteção contra esses males.

Também, é comum que essas súplicas peçam a ajuda da santa nas batalhas que temos que travar contra as dificuldades que nos acometem, além de servirem para clamar por auxílio no intento de trilhar uma jornada que siga os preceitos cristãos.

Biografia e História de Santa Genoveva

Genoveva, filha de Geroncia e Severus, nasceu no ano de 422, em Nanterre – comuna francesa próxima a Paris.

Oriunda de uma família bastante religiosa, Genoveva foi introduzida ao cristianismo ainda enquanto jovem. Assim, não é de se espantar que a menina sempre tenha demonstrado bastante devoção para com os dogmas cristãos.

Aos 10 anos de idade, um acontecimento marcou imensamente a vida da santa: enquanto ela e a sua família assistiam à passagem do bispo Dom Germano por Nanterre, ele voltou a sua atenção para Genoveva.

Movido por um impulso divino, o santo presenteou a menina com uma cruz, além de ter lhe dito que a sua missão na Terra era grandiosa e que, para cumpri-la, ela deveria seguir longe das tentações mundanas.

Depois desse episódio, Genoveva tornou-se resoluta quanto ao caminho que seguiria. Então, aos 15 anos, ela resolveu fazer voto de castidade, prometendo a sua vida a Deus.

Quando a religiosa atingiu os 20 anos de idade, os seus pais faleceram. Então, ela resolveu se mudar para Paris, passando a morar com uma de suas madrinhas. Na capital francesa, ela começou a se popularizar, tornando-se conhecida pela sua dedicação para com Cristo e para com os pobres.

Em 451, surgiu o boato de que o Império Huno arquitetava uma invasão à Paris. Com esse rumor, os parisienses entraram em pânico e quiseram fugir da cidade. Genoveva, porém, convenceu todos a ficarem e a rogarem pela piedade de Deus. Então, o inesperado aconteceu: Átila, o rei Huno, desistiu de invadir a cidade. A partir desse momento, a santa começou a ser conhecida como a protetora da capital francesa.

Depois de uma vida longa e totalmente dedicada aos necessitados e à santidade, Genoveva faleceu, aos 89 anos, no ano de 502. A santa foi sepultada na igreja que ela mesma ajudou a construir, a Abadia de Sainte-Geneviève.

Dia de Santa Genoveva

Tanto a Igreja Católica quando a Igreja Ortodoxa realiza as festas litúrgicas de Santa Genoveva no dia 03 de janeiro. A escolha por essa data se deve ao fato de ela representar o aniversário de morte da religiosa.

Conheça também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *