Santa Lúcia

Lúcia de Siracusa, Santa Luzia, Santa Lúcia ou simplesmente Santa de Luz, foi uma jovem que nasceu na Sicília (Itália) e que viveu de 283 a 304.

Lúcia é tida como a padroeira dos oftalmologistas, além de ser conhecida por intercede em prol das pessoas que padecem com problemas de visão.

Santa Lúcia / Santa Luzia
Santa Lúcia / Santa Luzia

Dia de Santa Lucia

O dia de Santa Lucia possuis suas comemorações litúrgicas em 13 de dezembro, a mesma data de sua morte. Aliás, há uma lenda que diz que a Santa faleceu exatamente 12 dias antes do natal para relembrar aos cristãos a necessidade de preparar-se espiritualmente, de cultivar a sua luz interna, antes de celebrar o nascimento de Jesus.

Oração de Santa Lucia

Santa Lúcia é um dos santos mais cultuados e afamados mundialmente, portanto, existem diversas orações destinadas a ela, as quais são utilizadas, principalmente, como meios de requerer o auxílio da Santa nos momentos de realizar escolhas difíceis e de pedir a mediação dela na cura de males que acometem os olhos. Confira uma oração de Santa Lucia abaixo:

Veja também a história de:

Vida de Santa Lucia

Santa Lúcia nasceu em Siracusa, sendo filha de pais ricos e que a educaram como cristã. O pai de Lúcia faleceu quando a menina era ainda criança e sua mãe, Eutíquia, tinha sérios problemas de saúde.

Lúcia adorava fervorosamente ao cristianismo, defendendo a sua crença e praticando os bons atos que se esperam de pessoas cristãs. Inclusive, a Santa foi denunciada ao imperador Diocleciano – que cria nos Deuses romanos – por ter essas atitudes muito generosas, tais como presentear os menos favorecidos com dinheiro e alimentos, o que, na época, eram típicas ações dos veneradores de Jesus Cristo.

Quando soube disto, Diocleciano requereu a presença de Lúcia, exigindo que ela aceitasse e adorasse ao politeísmo romano. A Santa, todavia, permaneceu resoluta em sua fé, confirmando-a na frente de todos.

Ao perceber seu fracasso em dissuadir pacificamente a jovem, o soberano tentou, então, convencê-la por meio de torturas que tiveram desfechos que contribuíram para a popularidade da Santa, os quais foram: permanecer no mesmo local quando diversos soldados tentaram levá-la para um prostíbulo; conservar-se intocada pelo fogo que atearam nela; desenvolver outros olhos quando arrancaram os dela. Após tudo isto, o imperador ordenou, por fim, que Lúcia fosse decapitada.

História

Lúcia passou a ser adorada e tida como Santa por diversos seguidores após os acontecimentos que ocorreram antes de sua morte e depois dela realizar o seu primeiro milagre.

Este ocorreu quando a Santa curou Eutíquia de uma doença que provocava sangramentos nela. O relato conta que Lúcia e a sua mãe foram prestar condolências à Santa Águeda – que tinha sido morta por não aceitar os Deuses romanos –, quando, durante o evangelho pregado na missa, que narrava sobre uma mulher que padecia do mesmo mal de Eutíquia e que havia sido curada por Jesus, Lúcia resolveu orar para que Santa Águeda pedisse a Cristo que Ele intercedesse por sua mãe. Enquanto rezava, a Santa teve uma visão, na qual Águeda perguntava a ela “Luzia, minha irmã, por que pedes a mim uma coisa que tu mesma podes conceder?”. Lúcia, então, teria saído de seu estado meditativo e dito à Eutíquia que ela havia sido curada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *