São Rafael Arcanjo: História, Oração e Novena

São Rafael Arcanjo ou Arcanjo Rafael, como é comumente chamado, representa um dos anjos mais significativos para o cristianismo, para o judaísmo e para o islamismo. As mesmas têm Rafael como o delegado da cura celestial, que é capaz, portanto, de tratar quaisquer mazelas, independentemente se elas são físicas, psicológicas ou espirituais.

Ademais, acredita-se que esse arcanjo seja o encarregado de realizar a passagem do corpo para o espírito, já que ele é o curador divino. Também, Rafael é tido como o líder dos anjos da guarda, além de ser considerado como o Anjo da Providência – ou seja, aquele que zela pela humanidade.

São Rafael Arcanjo
São Rafael Arcanjo

Dia de São Rafael Arcanjo

A dia de São Rafael Arcanjo elegido para as festas em seu nome foi o dia 29 de setembro, quando também são comemorados os arcanjos Miguel e Gabriel. Porém, é bastante comum que muitos fiéis homenageiem o anjo em 24 de setembro, que era a data em que a Igreja o celebrava antigamente.

Oração de São Rafael Arcanjo

Como foi mencionado, o Arcanjo Rafael é o anjo que transporta a cura divina. Assim, as orações destinadas a ele, em sua maioria, servem para pedir proteção aos médicos e aos sacerdotes e para rogar pela sua intercessão na cura de doenças do corpo, da mente ou do espírito.

Ademais, em razão de Rafael também ser tido como o protetor dos peregrinos e da humanidade, é comum que haja preces com o intuito de pedir a sua proteção e sua ajuda na missão de seguir um caminho digno e correto. Leia a oração de São Rafael Arcanjo:

História de São Rafael Arcanjo

Os relatos que existem a respeito do Arcanjo Rafael são provenientes somente dos escritos cristãos, judaicos e islãs. Neles, o anjo é representado, geralmente, como um dos sete arcanjos, sendo um dos quatro favorecidos – ou seja, um dos primeiros seres concebidos pelo criador, junto ao Miguel, ao Lúcifer e ao Gabriel.

Doutrina Judaico-Cristã:

Na tradição judaico-cristã, o arcanjo é mencionado explicitamente no Antigo Testamento, na parte destinada ao Livro de Tobias. De acordo com o mesmo, Rafael teria assumido o aspecto humano e convivido na Terra por alguns meses, enquanto resguardava e conduzia Tobias em uma jornada rumo ao Egito. O anjo, além de ter protegido o jovem durante toda a viagem, teria curado o seu pai, Tobit, que tinha se tornado cego. Depois disso, o livro diz que Rafael se revelou como um dos Arcanjos de Deus, ordenando que Tobias disseminasse o que havia acontecido.

Ademais, embora isso não esteja evidente no Novo Testamento, considera-se que Rafael foi um dos celestiais que encontraram Abraão, antes das cidades de Sodoma e de Gomorra serem destruídas.

Doutrina Islâmica:

Na crença islâmica, por sua vez, Rafael é tido como o anjo que foi encarregado de anunciar a chegada do Juízo Final. O Alcorão diz que será esse arcanjo quem enviará o Sopro da Verdade à Terra, ao tocar uma corneta que dará início ao julgamento, no primeiro toque, e chamará as almas para a interrogação, no segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *