Santa Marta: História, Vida, Oração e Dia de Santa Marta

Santa Marta representa uma importante personagem das histórias bíblicas, tendo sido apontada diversas vezes nos evangelhos.

De acordo os mesmos, ela era irmã de Lázaro e de Maria, dois dos amigos mais próximos de Jesus. Além disso, os textos contam que Marta foi uma das mulheres que presenciou a ressurreição de Cristo e que o acompanhou até Gólgota.

Santa Marta
Santa Marta

Conheça também:

Atributos de Santa Marta

Santa Marta é tida como a padroeira dos cozinheiros, dos faxineiros, dos hoteleiros e dos lavadeiros.

Ela se tornou a protetora dessas pessoas, pois demonstra, nas passagens bíblicas, extrema preocupação com o conforto e a alimentação de Jesus e de seus discípulos, nas vezes em que os recebeu em sua casa.

Oração de Santa Marta

Como indicado anteriormente, Marta era extremamente acolhedora, sempre se esforçando para oferecer o melhor a Jesus e aos seus discípulos, quando eles a visitavam.

Assim, em razão de ter amparado aqueles que precisavam, as orações em seu nome costumam possuir o intento de rogar por acolhimento e por proteção.

História de Santa Marta – Biografia

De acordo com os escritos bíblicos, Marta e seus irmãos moravam em Betânia, aldeia que se situava nas proximidades de Jerusalém.  Ela viveu na mesma época em que Jesus, tendo o conhecido, além de ter construído uma relação de amizade com Ele.

O ensinamento de Jesus:

Os evangelhos contam que, quando Jesus e seus apóstolos viajavam até o vilarejo de Betânia, eles se hospedavam na casa de Marta. Aliás, a morada dela fez-se cenário de um dos acontecimentos mais intensos e simbólicos da Bíblia: quando Maria sentou-se aos pés do Messias para escutar o que Ele tinha a dizer.

Nessa cena, é transpassado um dos principais ensinamentos de Cristo. Marta, ao ver que sua irmã estava sentada na sala, enquanto ela se ocupava com todos os trabalhos domésticos, questionou Jesus, perguntando se aquilo era justo.

O Messias, então, a repreendeu, dizendo-lhe que ela se inquietava com muitas coisas, quando era preciso ter preocupação com apenas uma: escutá-lo.

A ressureição de Lázaro

Outro acontecimento importante e que envolve Marta ocorreu quando Jesus ressuscitou o seu irmão.

Santa Marta em Ressurreição de Lázaro Van Gogh 1890
Santa Marta em “Ressurreição de Lázaro”, Van Gogh, 1890

Por ter contraído lepra, Lázaro adoeceu e acabou por falecer. Marta, então, ordena que chamem o Messias, para que Ele salve o seu irmão.

A princípio, o que dá a entender é que Jesus não atenderá ao pedido. Porém, 04 dias após o sepultamento de Lázaro, Ele vai ao sepulcro do morto e o ressuscita.

Esse episódio demonstra toda a fé que Marta tinha no Salvador. Afinal, mesmo após Ele demorar dias para atender seu chamado, não perde a confiança de que Cristo a ouvirá e a atenderá. O que, de fato, acontece.

Dia de Santa Marta

O culto à Marta começou em meados do século XVIII, quando a Ordem dos Franciscanos, criada por Francisco de Assis, passou a venerá-la.

A primeira adoração ocorreu no dia 29 de julho de 1262. Como os fiéis aderiram a essa data de modo muito rápido, a Igreja optou por mantê-la, a oficializando como o dia litúrgico da santa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *