Ano da guarda ou guardião

Também conhecido como Anjo Custódio ou São Custódio, que tem a custódia de nossa alma.

O termo anjos da guarda se refere a crença que cada alma tem um anjo disponível para guiar a alma através da vida e ajuda a encontrar Deus .

A crença na realidade dos anjos, mensageiros de Deus  e a interação com eles remonta as mais remotas eras. Querubins  protegiam Adão e Eva no  Eden. Anjos salvaram Lot e ajudaram a destruir a cidades das planícies. Em Exodus Moisés segue um anjo e em certo ponto da jornada um anjo é apontado “leader” de Israel .O arcanjo Miguel está em vários pontos, Rafael aparece sempre na vida de Tobias e Gabriel entrega a Maria a anunciação da vinda de Cristo.
 

O conceito de uma alma tendo seu anjo da guarda também é bem antigo e  há muito aceito pela Igreja.

Em Matheus 18:10 Jesus diz:

Vede, não desprezeis a nenhum destes pequeninos; pois eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêm a face de meu Pai, que está nos céus.

Varias passagens do Novo Testamento  sugerem a existência dos anjos da guarda. Um anjo consolou Jesus no jardim das oliveiras, outro ajudou Pedro a sair da prisão.


A festa do anjo da guarda é celebrada no dia 2 de outubro
e na Alemanha no primeiro domingo de setembro.

 

NA =Alguns escolares advertem que não se deve invocar nenhum anjo a não ser o nosso anjo da guarda e os três únicos mencionados na Bíblia, ou seja Gabriel, Rafael e Miguel, porque não temos como saber se são, ou não, anjos do mal.